Delação revela que Dilma acabou com corrupção em Furnas, operada por Aécio e Cunha

Uma pena que os midiotas não vão saber disso. Avante Brasil, vamos acabar com o monpólio das comunicações, esta é a chave da mudança!

Brasil Página 1 - Mostrando o que você precisa ver

size_810_16_9_dilma

Um trecho da delação do senador Delcídio Amaral aponta que a presidente Dilma Rousseff estancou um duto de corrupção na estatal Furnas, que seria operador pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG) e pelo deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

As propinas teriam sido comandadas pelo ex-diretor de Engenharia da empresa Dimas Toledo, e beneficiado “sem dúvida” o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o ex-presidente do PP, José Janene, bem como o PT, segundo o Delcídio.

trecho-delação

Ele afirma que o “esquema de Furnas… era grande”, o que fazia da companhia “a joia da coroa da Eletrobras, sendo a mais cobiçada pelos partidos”. E que foi freado em 2011, quando o engenheiro Flávio Decat, considerado de perfil técnico, assumiu a presidência de Furnas, cargo que ainda ocupa.

“Esta mudança na diretoria de Furnas foi o início do enfrentamento de Dilma Rousseff com (o presidente da Câmara) Eduardo Cunha (PMDB-RJ), pois este ficou contrariado com a…

Ver o post original 38 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s